Conectar-se

Esqueci minha senha

Últimos assuntos
» Biblioteca - Consegui a vaga? [Livre]
Ter Jun 11, 2013 2:46 pm por felipefalcon

» O festival das cerejeiras.
Seg Abr 15, 2013 5:18 pm por Darkaos

» Grande Evento em Aōba.
Dom Mar 24, 2013 1:44 am por Darkaos

» Cerimônia de abertura de aulas de 2013
Sab Mar 23, 2013 2:44 pm por Ryou Misaki

» (Clube de Kendô) O novo sensei (Trevor, Ryou, Nex)
Sab Mar 23, 2013 2:19 pm por Ammy

» Passos na areia (dupla)
Qui Mar 21, 2013 6:01 pm por Douglas Alves

» (Clube de Artes) O Quadro (Ryou, Chouko)
Seg Mar 18, 2013 1:14 pm por Ryou Misaki

» Retorno das aulas em 2013
Dom Mar 17, 2013 11:31 pm por Ammy

» Arrumando a papelada
Dom Mar 17, 2013 9:01 pm por GpI_NEKO

Clima este Mês

Naniwa entra no período de primavera a partir do dia 20. O tempo é fresco e ainda ocasionalmente frio. Chuvas tendem a serem rápidas e deixarem alguma névoa caso ocorram nas primeiras horas da manhã.
Novembro 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Calendário Calendário

Staff do Fórum
Nosso botão
HTML Online Editor Sample

88x31
124x64
Parceiros



Entrada do pátio.

Ir em baixo

Entrada do pátio.

Mensagem por Darkaos em Qui Nov 01, 2012 10:35 pm

Na entrada da Academia O garoto chega com um olhar meio distraído pela ideia de ir ver depois os fogos de comemoração do aniversário da cidade com seu amigo Tachimako, ele para planejar um pouco mais oque fazer ele se senta em um banco antes de entrar no prédio.
Trevor: Caramba vai ser muito boa a noite hoje, meu salário dessa vez vai ser suficiente pra tudo e as gorjetas me renderam mais do que eu esperava, oque será que eu faço primeiro, chamo o Katsu-kun primeiro ou compro alguma coisa como presente adiantado de fim de ano...pra mim mesmo talvez (diz ele com um sorrisinho malicioso como sempre quando tem idéias malucas).
Ele fica sentado no banco pensando em mais coisas oque fazer enquanto vai se esquecendo dos papéis que deveria entregar na sala da diretoria para concluir a sua matricula como bolsista.
avatar
Darkaos
Cabo
Cabo

1a Personagem Hazegawa Trevor - Link
Virgem Porco
Mensagens : 92
Pontos de Criação: : 11272
Reputação: : 1
Data de inscrição : 31/10/2012
Idade : 23
Localização : Brasil-MA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrada do pátio.

Mensagem por felipefalcon em Sex Nov 02, 2012 6:26 pm

-Cara,você é novo por aki?(Espera que não entenda errado XD)
Nunca vi você antes por aki.

avatar
felipefalcon
Cabo
Cabo

1a Personagem http://oportal.forumeiros.com/t43-ugido-voyle
Gémeos Porco
Mensagens : 105
Pontos de Criação: : 11331
Reputação: : 1
Data de inscrição : 26/10/2012
Idade : 23

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrada do pátio.

Mensagem por Darkaos em Sex Nov 02, 2012 6:48 pm

TrevorAh...oi, é eu tinha vindo...(acaba de tomar consciência do que esqueceu), caramba eu tinha vindo trazer os papéis que a diretora tinha pedido e me distrai aqui, obrigado, você acabou de me salvar de um problemão, meu nome é Trevor, Hazegawa Trevor, eu vim para me inscrever na academia, você já estuda aqui?
avatar
Darkaos
Cabo
Cabo

1a Personagem Hazegawa Trevor - Link
Virgem Porco
Mensagens : 92
Pontos de Criação: : 11272
Reputação: : 1
Data de inscrição : 31/10/2012
Idade : 23
Localização : Brasil-MA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrada do pátio.

Mensagem por felipefalcon em Sex Nov 02, 2012 7:00 pm

-Também sou novo,mas conheço aqui.
-A prazer,meu nome é Ugido Voyle.
A diretoria fica por ali(Ugido aponta).Vá lá não quero lhe causar problemas.

avatar
felipefalcon
Cabo
Cabo

1a Personagem http://oportal.forumeiros.com/t43-ugido-voyle
Gémeos Porco
Mensagens : 105
Pontos de Criação: : 11331
Reputação: : 1
Data de inscrição : 26/10/2012
Idade : 23

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrada do pátio.

Mensagem por Darkaos em Sex Nov 02, 2012 7:09 pm

Trevor: Mais uma vez obrigado Ugido-san, eu vou lá entregar isso, se você também vier estudar aqui me procure, você parece ser alguém legal, até mais então (diz o garoto ao sair correndo na direção apontada por Ugido).
avatar
Darkaos
Cabo
Cabo

1a Personagem Hazegawa Trevor - Link
Virgem Porco
Mensagens : 92
Pontos de Criação: : 11272
Reputação: : 1
Data de inscrição : 31/10/2012
Idade : 23
Localização : Brasil-MA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrada do pátio.

Mensagem por felipefalcon em Sex Nov 02, 2012 7:17 pm

-E não se perca Ugido brinca,enquanto vê o garoto correndo.
avatar
felipefalcon
Cabo
Cabo

1a Personagem http://oportal.forumeiros.com/t43-ugido-voyle
Gémeos Porco
Mensagens : 105
Pontos de Criação: : 11331
Reputação: : 1
Data de inscrição : 26/10/2012
Idade : 23

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrada do pátio.

Mensagem por Ammy em Sex Nov 02, 2012 7:51 pm

RolePlay OFF

Ordem de postagem Trevor>Ugido>Chou
Legenda:
Chou falando
Chou pensando
Trevor falando
Ugido falando
NPCs falando
por favor tentem manter este esquema em suas postagens aqui para frente. =D sempre separem as falas dos jogadores em cores. Vocês verão que fica mais fácil dessa forma fazer o esquema de "entrelaçar as histórias", como vocês verão abaixo, quando os textos são postados dessa maneira.


RolePlay ON


"... Começou de novo. Haa. Droga, meus músculos do braço ainda doem de ontem... Enfermeira novata desg!*da......" Chou massageou um pedaço enfaixado do braço. Não havia ficado nenhuma cicatriz, mas ainda assim... Droga, porquê os médicos nunca acertam a agulha e precisam de quatro tentativas toda a vez que iam fazer algo? Agora o músculo estava todo inchado... E ela tinha detenção. De novo. Aquela manhã Chouko havia polido cuidadosamente os equipamentos do clube de atletismo. Ela não estava em posição de reclamar. Primeiro, o braço machucado era o esquerdo, e ela era destra. Dois, ela havia conseguido entortar definitivamente uma das barras de alongamento ao arremessar alguma coisa pesada em cima dela.

"... É aquela ali?"
E não, ela não havia caído acidentalmente em cima dela. Quem dera fosse isso.

Exausta, ela se atirou no pedaço de sempre do gramado e pôs uma mão em cima do rosto, bloquendo seus olhos do raios do sol. "... Devagar... Ela vai perceber que estamos aqui..." A luz entrava suavemente por entre os galhos das árvores e havia um frescor conhecido no ar... Ela esperava que não chovesse aquela noite, pelo menos.
Uma parte do braço começou a latejar. Ela se pôs sentada de novo, desconfortável.
"Tsk... Eu sabia. Talvez eu deva correr até a cozinha e fazer uma comp-..."

TCHUTH
Ela parou no meio da frase. Um barulho seco de impacto em meio à grama se levantou em algum lugar próximo da sua orelha, no local aonde ela estava um momento atrás antes de rolar para o lado. Um cano, segurado por uma mão.

Na frente dela haviam dois sujeitos desconhecidos. Eles não estavam usando uniformes da escola... Bem, isso só significava uma coisa. Francamente, esse povo não aprende a respeitar os campos escolares, pelo menos? Me esperem na saída se querem tanto me matar, caramba.

"Hideyoshi, hoje você cai, e me rende uma boa grana...!" um sujeito atarracado estalou os músculos das mãos na frente dela. Ele era um tanto magricela, mas as marcas de cicatrizes se espalhando pelos braços saindo da regata mostravam que ele ou era um veterano... Ou era muito ruim no que fazia. O segundo usava uma roupa atlética velha e um boné virado, e tinha a cara de perdido de alguém que está sendo pago pelo serviço "... Esses minions que jogam pra cima de mim estão ficando cada vez piores... Keh...!" Ela se esquivou institivamente de um golpe com um cano que acertou a árvore atrás dela enquanto recuava "... Desesperado, você. Trazendo armas contra alguém ferido..." ela disparou.
"Vamos ver quanto tempo você mantém essa sua língua até eu... Oi, volte aqui!" Chou correu o máximo que podia na direção oposta. Ela era rápida. Mas aquele braço estava complicando as coisas. Seria muito mais fácil se ela pudesse pular os muros da escola, mas alguma coisa disse que seu músculo não iria aguentar tanto peso assim. O jeito fora correr campus adentro.

"...Preciso de uma distração. Ou uma arma. Ou..." Mas principalmente um lugar vazio. Sem testemunhas. Sem risco de estudantes envolvidos. Talvez o teto da escola dessa vez. Alguns alunos viraram olhares apavorados para ela quando ela entrou correndo em uma derrapada arriscada. Ela os ouviu fugindo dos seus perseguidores também. Ela pensava rapidamente em voz alta, entrando no térreo do prédio principal. De jeito nenhum ela iria envolver um professor nisso. Ela não precisava de outra detenção. Ela viu um aluno andando na direção dela, de cabelos castanhos. (Ugido) Ela não se lembrava de tê-lo visto antes...

Oh droga! Ele está correndo na direção dos...
"Oi, você!" - ela berrou lá da outra ponta do corredor, correndo com ímpeto até ele. Ela não teve muito tempo de avaliar a expressão dele. Ele pareceu confuso por um momento e disse alguma coisa que ela não registrou enquando ela puxou-o pela manga. "Corra na direção oposta se quiser viver! Oh, me..." um barulho de passos começou a soar próximo e ela viu eles virando a curva naquela direção. O aluno novo de cabelo castanho abriu a e fechou a boca, como um peixe fora d´água "Ha! Estudante indefeso à vista! Que tal usarmos ele como refém?!" "Droga, eu avisei! Rápido!" Ela insistiu antes de sair correndo. Ela se perguntou se o garoto conseguiria acompanhá-la na fuga e olhou de relance para trás alguns segundos depois de voltar a correr.
Ele parecia estar conseguindo. Bom.
"Hazegawa-san! Cooooorraaa!!" ela ouviu o garoto desconhecido correndo junto com ela berrando para alguém lá longe. Um segundo sujeito de cabelos cinza-gelo e olhos de um tom dourado claro virou o rosto na direção deles, fazendo uma expressão de confusão ao ver a cena.

Ela não esperava ter visto um estudante nos corredores no prédio principal quando não haviam aulas. No fim das contas os dois haviam corrido todo o caminho até o pátio. O portão da escola há alguns metros dali.

"Se eu apenas pudesse levá-los para fora daqui..." Chou trincou os dentes e alongou suas passadas como pode, os pulmões berrando indignados com o esforço. Ela ignorou os protestos e passou correndo pelo segundo garoto à frente dela, o suor começando a se alojar de maneira incômoda em sua pele.

RolePlay OFF

Vocês podem adicionar suas próprias falas à cena como acharem melhor, descrevendo a reação e o ponto de vista dos seus personagens aos acontecidos. Vocês podem, inclusive, terem vistos os sujeitos estranhos entrarem na escola antes que a Chou os visse. Inventem como quiserem. E claro, continuem a cena como vocês imaginarem...
Kk



Hideyoshi Chouko CS: 0
avatar
Ammy
Admin
Admin

1a Personagem Hideyoshi Chouko (Link)
Escorpião Macaco
Mensagens : 228
Pontos de Criação: : 11747
Reputação: : 12
Data de inscrição : 02/09/2012
Idade : 26

Ver perfil do usuário http://oportal.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrada do pátio.

Mensagem por Ammy em Sex Nov 02, 2012 9:37 pm

Modo admin ON

Felipe... Se segure. Isso é god-modding. Eu pus "Hazegawa-san! Cooooorraaa!!" e descrevi seu personagem correndo por que:

1. Essa é a reação normal de avisar um amigo/conhecido em perigo.
2. Seu personagem não é experiente em lutas, então eu presumi naturalmente, que ele iria fugir com Chou no momento que ele visse os inimigos fortões vindo atrás deles. Mas você poderia ter feito ele fazer outra coisa se quisesse, e me avisado. E eu mudaria o meu para se encaixar à sua idéia e à nova reação do seu personagem à cena, caso você achasse ele inapropriado.

Mas você não pode colocar frases além de coisas muito simples nem descrever reações além das óbvias. Por exemplo, você não pode fazer Trevor dizer "Afinal,então porquê me chamou pra correr também?" porque... Bem, eu acho que ele entendeu que o problema é aqueles dois caras. (ele não é um tolo, eu espero...) E também, porque ele pode decidir enfrentá-los, e não fugir junto conosco (porque ele tem experiência em lutas), o que muda toda a cena e faz com que ele decida não correr conosco. Também, Chou nunca mandaria alguém protegê-la dessa maneira, muito menos justificando "porque eles são homens e ela está ferida". Faz com que ela pareça fraca, talvez até mandona (para não dizer outra coisa).

TAMBÉM. Por que é a vez dele de postar. Lembra-se? Trevor>Ugido>Chou.

Então, o seu post foi deletado. E os pontos de criação desse post retirados dos seus pontos de criação. Por favor aguarde o seu turno.

modo admin OFF


... Desculpem. Não posso fazer nada além do meu trabalho.



Hideyoshi Chouko CS: 0
avatar
Ammy
Admin
Admin

1a Personagem Hideyoshi Chouko (Link)
Escorpião Macaco
Mensagens : 228
Pontos de Criação: : 11747
Reputação: : 12
Data de inscrição : 02/09/2012
Idade : 26

Ver perfil do usuário http://oportal.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrada do pátio.

Mensagem por Darkaos em Sex Nov 02, 2012 10:16 pm

Trevor no dia que havia ido até a escola para entregar os papéis de sua entrada como aluno se vestira adequadamente como a pedido da diretora da ultima vez que se reuniram, o uniforme completo podendo minimamente alterar os calçados que não era obrigatório serem tênis, ele vestira e apertara o melhor que pode o nó da gravata se sentindo horrivelmente quente e ridículo o garoto foi até a academia, Odeio essas roupas pesadas, mas ao menos o estilo delas e a cor não são muito ruins, tomara que a diretora não invoque com os meus coturnos., pensava ele ao ir para a academia.
Horas depois ele esta a sair da sala da diretoria já com sua matricula concluida Ainda bem que a diretora não me pediu para re contar a minha situação desde o começo ou expos ela pra algum professor, eu ia vomitar outra vez se ela me pedisse pra contar domeu padrasto mais uma vez ele pensa enquanto vai saindo da sala e indo em direção ao pátio de entrada, mas menos de dois minutos após entrar nos corredores ouve uma vóz gritar seu nome no fim do corredor HAZEGAWA-SAN COOORRAAA ao ouvir ele rapidamente olha na direção de onde vinha a voz e vê que era seu novo conhecido Ugido Voyle, ele estava a correr atrás do famoso tigre branco da academia ao qual havia pregado uma peça no dia anterior, Mas que diabos aconte...oh ou, será que ela descobriu que fui eu que coloquei aquelas jujubas com pimenta na máquina, mas espera ai...santa mãe, aquele cara ta com uma barra de ferro na mão. a reação do garoto o ver o homem magrelo com o cano na mão é instintiva, Trevor sai correndo em disparada na mesma direção que lhe fora ordenada sem nem ligar se sua hipótese era certa, se era tudo um engano ou sem mesmo reparar que confundira o cano com uma barra maciça, ele corre prédio a dentro até se deparar com a primeira curva e então em um salto usa os pés na parede para freiar e seguir na outra direção.
Uff mas quem são esses caras, e por que estão aqui correndo atrás da gente, e que me%#* de uniforme mais apertado ta me parando muito, eu correria muito melhor sem isso.
avatar
Darkaos
Cabo
Cabo

1a Personagem Hazegawa Trevor - Link
Virgem Porco
Mensagens : 92
Pontos de Criação: : 11272
Reputação: : 1
Data de inscrição : 31/10/2012
Idade : 23
Localização : Brasil-MA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrada do pátio.

Mensagem por Ammy em Seg Nov 05, 2012 12:18 pm

=) Esperando postagem por felipefalcon (segundo dia)




Hideyoshi Chouko CS: 0
avatar
Ammy
Admin
Admin

1a Personagem Hideyoshi Chouko (Link)
Escorpião Macaco
Mensagens : 228
Pontos de Criação: : 11747
Reputação: : 12
Data de inscrição : 02/09/2012
Idade : 26

Ver perfil do usuário http://oportal.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrada do pátio.

Mensagem por felipefalcon em Ter Nov 06, 2012 4:49 pm

OFF TOPIC:meu cabo quebro tive,que arrumar^^

TOPIC:
"Oi, você!"."Eu?"pensa Ugido.Será que ela está falando com Ugido?Nem mesmo entende se é com ele.Olha atrás e não vê ninguém mais,só poderia ser com ele.O corredor estava vazio praticamente.
Por que corr......Nem termina a frase e a garota o puxa,pela sua manga."Corra na direção oposta se quiser viver! Oh, me...".Ugido não entede a situação,logo mais avista do que se trata.Dois garotos,não aparentavam ser da escola,usando roupas totalmente das dos outros,dava pra se perceber que boa coisa não era."Ixi,boa coisa não é.Será que a garota fez algo de errado?e quer nos fazer de cumplices?"Mas por quê estão atrás da garota?Ugido não entede ,mesmo assim decidi sair correndo."Se eu for feito de capacho,Ah eu pego ela,mas pela sua aparencia,que é bonita por sinal.Não parece que elaé uma ladraou algo parecido."Ugido do fim do corredor se lembra de Hazegawa."Mas se for ruim mesmo assim como parece,tenho que chamar o outro garoto novo,Hazegawa"O garoto novo que conheceu,que não estava tão longe dali.HAZEGAWA-SAN COOORRAAA.Não demora muito pra Hazegawa também perceber do que se tratava.Então os três correm na mesma direção."Pra onde será que ela está nos levando?Essa garota parece conhecer bem aqui.E porquê ela nos avisou,nos salvou,daqueles caras.Agora já estamos envolvidos suficiente,para ser considerados amigos dessa garota."
"AHHHHH como gosto de correr,faz um bom tempo,que não corro assim,ainda mais com essa Adrenalina,é tão bom."


Última edição por felipefalcon em Qua Nov 07, 2012 9:34 am, editado 2 vez(es)
avatar
felipefalcon
Cabo
Cabo

1a Personagem http://oportal.forumeiros.com/t43-ugido-voyle
Gémeos Porco
Mensagens : 105
Pontos de Criação: : 11331
Reputação: : 1
Data de inscrição : 26/10/2012
Idade : 23

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrada do pátio.

Mensagem por Ammy em Ter Nov 06, 2012 8:24 pm

OFF
felipefalcon escreveu:Meu cabo quebro tive,que arrumar^^
Sem problemas, seja muito bem vindo de volta, Felipe-kun! =D
Aliás, aproveito para dizer... Parabéns! Sua atuação melhorou muito de um post para o outro. (...há alguns errinhos com as palavras mas... Bah, esses todo mundo faz o tempo todo.)
Continue se esforçando! Ok
Apenas... Tente colocar pensamentos dele em itálico. Alguém pode acabar se confundindo entre o que o seu personagem está pensando e o que ele está realmente falando com tantos textos diferentes em verde.
Só uma dica. Sim

Bem, eu imagino que agora seja a minha vez, hum? Hm... Vejamos...

ON

Chouko continuou em sua disparada.
E agora com duas vítimas acidentais sendo perseguidos junto com ela... Excelente.
"Droga... É por isso que eu não gosto de ter que fugir para dentro dos prédios..." ela pensou (mas acabou falando em voz alta), olhando brevemente para os dois alunos vindo logo atrás dela. Ela contornou o prédio dos laboratórios. Era uma sorte que ela tinha as chaves daquele lugar aquele dia. "...Parece que ter que ficar em detenção no feriado vai me servir, ao menos por hoje." Ela empurrou a porta dos funcionários com o braço bom e ela cedeu facilmente, sem fazer nenhum ruído.
Logo à frente deles havia uma segunda porta num corredor pequenino. Dentro daquela porta os funcionários da Academia estocavam os materiais de limpeza utilizados para limpar os corredores e salas dos clubes. Chouko havia estado ali há alguns minutos atrás procurando material de limpeza para sua tarefa.
Mas o que realmente importava agora para ela era a rampa.
Logo à esquerda do corredor uma rampa acimentada comum subia, como uma escadaria. Eles haviam construído dessa maneira para que fosse possível encher um carrinho (similar à um carrinho de mão, mas bem maior e com quatro rodas) com os materiais de limpeza necessários e levá-los até o andar em que eles seriam ocupados. Cada lance da rampa dava para um dos andares de salas. O último...
"Por aqui! Não parem de correr até chegarmos no topo!"
Chou piscou. O oxigênio estava faltando. Ela se sentia uma certa falta de equilíbrio ao correr. O processo de subir em círculos lances e lances de rampas não estava ajudando o seu fôlego. Bem, rampas são melhores do que escadas, ela insistiu para si mesma, subindo com esforço o último lance. Ela olhou para baixo. Os perseguidores estavam dois andares atrás. Eles não pareciam acostumados a terem que correr tanto. Nós ainda temos a vantagem...
"Vocês realmente pretendem fugir pelo teto? Estudantes estúpidos...!" o líder no andar de baixo usou sua força para gritar em uma voz rouca que ecoou pelos andares. "Vou fazer vocês todos voarem lá de cima!"
"Keh..." Chouko trincou os dentes e abriu a porta do último andar com um baque metálico.

vooosh...

O teto da escola, uma área circundada por redes de proteção de metal e repleta de bancos de pedra, aonde os estudantes sentavam para descansar no recreio e se esquentarem no inverno.
Vazia por causa do feriado.
Chou observou alguma coisa nos próprios pés.
Sua sombra estava refletindo para longe. Ótimo.
Ela correu até a lixeira de metal ao lado da porta (que ela havia deixado propositalmente aberta quando todos passaram) e arrancou-lhe a tampa, segurando firmemente com o puxador usando o braço direito ainda ileso.
Ela se posicionou à direita da porta, de forma que sua sombra não ficasse visível.

Ela olhou para os dois garotos e fez um sinal de silêncio, pondo-se em prontidão.
"5..." ela contou mentalmente
"4..." "Quando em desvantagem... Você tem que ..."
"3..." ela tinha quase certeza que eles estavam virando o último lance da curva...
"2..." "...Fiquem atrás de mim." Ela queria falar, mas não tinha como fazê-lo sem ser ouvida.
"1..." Usar a cabeça ...!

Ond... WO-..?OOAARHG!
BLAM
Chouko acertou o homem na testa com a superfície polida da tampa de metal. Ele cambaleou e tropeçou para trás, caindo por cima do seu companheiro. O golpe não fora extremamente forte. Chouko não tinha tanta força assim no momento, nem o fôlego.

Mas a força da gravidade ainda é absoluta.

Os dois deram alguns passos desordenados para trás e cairam, sem equilíbrio, a rampa inclinada que haviam acabado de subir. Eles sairam rolando até pararem no primeiro lance. Um deles fez um grunhido de dor e apalpou o tornozelo torcido. O líder havia recebido um corte no braço do próprio cano que carregava.

Hideyoshi estava curvada, mãos apoiadas no joelho. O ar saindo dos pulmões em arfadas descomunais. Ela observou os dois lutando para se porem de pé, sem sucesso. Ela riu baixinho, e então caiu de joelhos, a tampa em sua mão fazendo um gigantesco baque ao cair no chão.
"Haa... Ha... ... Strike...!" ela falou fracamente, com o pouco ar que conseguia reunir. "...Vocês dois... Fiquem longe da porta... Eles..." ela limpou a testa, empapada de suor "Ainda... podem ver... vocês..." ela continuou, sem fôlego. "...Vocês... Bem?" ela engoliu a segunda palavra, incapaz de juntar mais ar.



Hideyoshi Chouko CS: 0
avatar
Ammy
Admin
Admin

1a Personagem Hideyoshi Chouko (Link)
Escorpião Macaco
Mensagens : 228
Pontos de Criação: : 11747
Reputação: : 12
Data de inscrição : 02/09/2012
Idade : 26

Ver perfil do usuário http://oportal.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrada do pátio.

Mensagem por felipefalcon em Qua Nov 07, 2012 9:29 am

OFF TOPIC Edit:
Desculps não aguentei esperar,esqueci da ordem.
Hazegawa agora você.
Vlw por se preocupar comigo Ammy^^
avatar
felipefalcon
Cabo
Cabo

1a Personagem http://oportal.forumeiros.com/t43-ugido-voyle
Gémeos Porco
Mensagens : 105
Pontos de Criação: : 11331
Reputação: : 1
Data de inscrição : 26/10/2012
Idade : 23

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrada do pátio.

Mensagem por Darkaos em Qua Nov 07, 2012 11:12 am

Após correr por alguns metros nos corredores da academia eles chegam a uma área semi externa do prédio onde há uma rampa que o garoto desconhecia a importância, mas ao se estar fugindo de alguém isso é a ultima coisa a qual se da atenção, Trevor segue correndo olhando para trás a cada dois ou três lances de rampas o fazendo se esforçar ainda mais, o peso das roupas do colégio cresciam constantemente por todo o suor que estava absorvendo dele o desidratando "Odeio esse uniforme, se não fosse ordem expressa da diretora eu já teria vindo de bermuda hoje" A rampa era alta e eles pareciam estar indo direto ao topo de lá para tentar escapar dos perseguidores que por mais que não tivessem uma constituição física das melhores pareciam ter muito folego para gastar.
Ao chegar no topo o menino logo se senta no chão apoiado com as mãos atrás das costas como que quase deitando-se, ele observa que Chouko estava ainda muito atenta e aparentava estar pronta para mais ainda mesmo que ofegando muito, talvez ela tivesse asma, mas oque seria isso, a menina segurando uma tampa de lixeira espreitando ao lado da entrada, era de tarde e as sombras projetadas de Trevor e de Ugido passavam direto pela porta mas a garota escondida ao lado não permitia isso, "Bom plano, eu já fiz isso uma vez mas não tive sorte, acertar alguém de surpresa é meio difícil quando não se tem como saber a aproximação do alvo, tomara que ela tenha sorte" os homens que os perseguiam se aproximam e de repente BAM ela ataca, o líder é acertado em cheio, a força não pareceu ser suficiente para nocautear mas o derrubou junto do comparsa os fazendo rolar rampa a baixo, pronto estavam salvos por hora.
"Haa... Ha... ... Strike...!" ela falou fracamente, com o pouco ar que conseguia reunir. "...Vocês dois... Fiquem longe da porta... Eles..." Trevor viu que não estava muito próximo da porta e não sentia vontade de dar mais um passo então de onde estava sentado cedeu os braços e caiu deitado no chão arfando muito como se a maratona tivesse preparação naquelas rampas, "Ainda...podem ver...vocês Ela tentava dizer sem folego Vocês...Bem? a falta de ar abatera a todos pelo visto mas para a coitada parecia estar sendo pior pois uma das palavras parecia ter sido engolida por uma arfada, ele deitado como estava só ergueu o braço fazendo um sinal de positivo que logo caiu de novo mostrando o quanto também estava cansado e com calor, haviam marcas já em sua roupa do suor excessivo que a empapou toda "Que começo hein, será que vai ser todo dia assim, o sorte miserável a minha" ele tentava raciocinar mas logo não teve mais escolha a não ser tirar satisfação do que ocorreu, respirou fundo tomando um pouco mais de ar e desacelerando os batimentos um pouco mais já falando em um tom de reclamação "Mas alguém...pode me dizer que diabos...esta acontecendo aqui?" ele ainda engasgava uma a duas palavras por não estar completamente recuperado, os cabelos cinza azulados bem bagunçados como estavam pareciam um ninho de pombos na cabeça com aquela luz de tarde.
avatar
Darkaos
Cabo
Cabo

1a Personagem Hazegawa Trevor - Link
Virgem Porco
Mensagens : 92
Pontos de Criação: : 11272
Reputação: : 1
Data de inscrição : 31/10/2012
Idade : 23
Localização : Brasil-MA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrada do pátio.

Mensagem por felipefalcon em Qua Nov 07, 2012 11:24 am

Ugido ouviu a voz que vinha de sua frente a garota estava pensando alto demais."Droga... É por isso que eu não gosto de ter que fugir para dentro dos prédios...".Ugido nada falou,apenas continuou correndo.
A garota contornou o prédio dos laboratórios,entrou em uma sala que parecia ser de funcionários."Será que ela é uma ajudante de limpeza?"."Não ela é muito jovem pra ser uma trabalhadora da escola,parece que ela têm ficado muito na detenção ultimamente.Uma aluna com problemas""Ela não parece ser uma pessoa ruim,aliás ela ajudou a gente".
Chegaram a um lugar cheio de rampas,a garota estava subindo,rampa por rampa,se passavam os andares.A garota estava lá na frente.E parecia estar planejando algo.Até que o homem debaixo gritou."Vocês realmente pretendem fugir pelo teto? Estudantes estúpidos...!" "Vou fazer vocês todos voarem lá de cima!"Ainda ecoava,mesmo os homens lá embaixo..A garota entrou na porta do último andar.
Logo um tempo depois Ugido passa por ela e a vê ao lado direito da porta,não fazia sombra alguma a sua frente,não podendo ser percebida.
"O que ela está pensando em fazer?".
Até que ela pegou a tampa do balde de lixo,e já estava preparada,para bater no primeiro que passasse.Parecia estar contandomentalmente Hazegawa já havia passado.
Até que
Ond... WO-..?OOAARHG!
BLAM Wah
Logo mais cairam abaixo,não aguentando em pé.
Ugido não aguentou nem um pouco aquela situação."KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK"
Sabia que a situação não era das melhores,e que isso ainda ia poder piorar sua situação mais ainda.Além de estar sendo considerado um inimigo por nada,sua situação poderia mudar pra inimigo mortal.Ainda bem que eles não viram,Ugido ria baixinho.
"Haa... Ha... ... Strike...!"a garota falou,parecia também achar aquela situação meio engraçada.
Mas Ugido não parava nem um pouco de rir,daquela situação que parece somente acontecer em cartoons como Pica-Pau e Tom e Jerry.
Parecia uma cena ímpossivel de acontecer.Mas parou de rir depois de um tempo.
Não sabia se os homens iriam voltar a persegui-los.
avatar
felipefalcon
Cabo
Cabo

1a Personagem http://oportal.forumeiros.com/t43-ugido-voyle
Gémeos Porco
Mensagens : 105
Pontos de Criação: : 11331
Reputação: : 1
Data de inscrição : 26/10/2012
Idade : 23

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrada do pátio.

Mensagem por Ammy em Qua Nov 07, 2012 5:09 pm

Houve um momento de silêncio aonde cada um tentava recuperar o fôlego como podia. Chouko caída no chão observava a reação dos dois garotos. O menino de cabelos castanhos se apoiara numa parede rindo abertamente. Ela não sabia dizer se de alívio ou por que de fato ele havia achado a situação engraçada.

Talvez os dois.

O segundo havia se deitado no chão, os cabelos prateados cor de gelo desarrumados, aspirando o ar em longas arfadas.
Uma pontada fez com que ela levasse a mão às costelas. Ela provavelmente havia exagerado daquela vez. O seu corpo não havia se recuperado totalmente de ontem.
"Droga..." ela xingou baixinho, puxando um celular inteiramente recoberto com adesivos do bolso das calças. Ele abriu com um estalido e ela começou a digitar o número da clínica em Aoba... "Por favor... Lee-san... Esteja aí..."
O garoto de olhos dourados conseguiu juntar um pouco de ar nos pulmões para dizer alguma coisa.
"Mas alguém...pode me dizer que diabos...esta acontecendo aqui?" ele ainda engasgava uma a duas palavras.

Chouko puxou um pouco de ar para tentar responder, mas a voz ainda saia-lhe um tanto baixa
"... Haha... Voces são realmente novos por aqui, não são? Ah..." ela ouviu um clique do outro lado da linha e parou de falar por um momento "... Lee-san. Hideyoshi falando. Você poderia providenciar... Três ambulâncias?" ela fez uma curta pausa "Woah, woah. Pare por aí. Eu estava descansando até um deles tentar me enfiar um cano no estômago..." mais um momento sem falar. Chouko se apoiou nos joelhos e tentou se levantar devagar, ela resmungou e não conseguiu conter um suspiro aahh... dor...!, apoiando sua mão contra a parede próxima para se pôr em pé. Caminhando até a borda da construção, ela segurou uma mão na grade de segurança e olhou ao redor. "...O portão da rua 42 está vazio. *ouvindo resposta* ...Eu estou no topo do prédio II. A porta azul de acesso para os funcionários está destrancada. Apenas subam." Ela voltou a caminhar lentamente para a sombra. "...Certo, eu irei. Até mais."

Ela voltou a afundar ao lado da porta. O ar frio do inverno próximo estava ajudando o seu corpo a se refrescar rapidamente. Talvez rápido demais. Hideyoshi puxou os joelhos para mais próximo, aquecendo-se. Melhor agora. Ela desviou os olhos dos dois meninos à frente para espiar a porta do corredor. Os dois homens ainda estavam lá dentro. Um deles tentava se levantar apoiando-se no corrimão. ...Eu não faria isso se fosse você. Você pode ter fraturado alguma coisa. tudo o que ela recebeu de volta foram frases com palavrões, ameaças de perseguir os dois garotos após as aulas e alguma coisa sendo fortemente arremessada rampa acima, próximo do garoto de cabelo prateado. O cano. Haa...?! Que inferno, eu devia ter chamado a polícia ao invés do pronto-socorro. Chouko começou a ver o mundo colorindo-se em leves tons de vermelho à sua frente Ainda dá tempo de eu mudar de ideia, sabe?! Tem câmeras espalhadas por metade do prédio! Há anúncios no jornal! Eu posso provar que vocês começaram essa confusão num estalo! Cale a boca e fique sentado de uma vez! Ela explodiu com força desnecessária. Era um feito calculado contudo. Os dois fizeram um barulho parecido com um guincho e silenciaram em algum lugar lá em baixo.

Chouko se virou, a expressão de fúria se esvaindo rapidamente ao desviar sua atenção da dupla. "...E ainda reclamam de mim... *resmungoresmungo *... Sujeitos mal agradecidos... ..." Ela puxou algo verde e plástico do bolso. Uma embalagem comprida e multi colorida. Ela rasgou a tampa e tirou algo redondo de dentro, desembrulhou o plástico e o pôs uma pequena esfera branca na boca. Ela estava à meio caminho de colocar o que quer que fosse no bolso, mas aparentemente mudou de ideia.
"...Bala de menta, alguém?" ela perguntou de maneira casual, se recostando contra a parede.



Hideyoshi Chouko CS: 0
avatar
Ammy
Admin
Admin

1a Personagem Hideyoshi Chouko (Link)
Escorpião Macaco
Mensagens : 228
Pontos de Criação: : 11747
Reputação: : 12
Data de inscrição : 02/09/2012
Idade : 26

Ver perfil do usuário http://oportal.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrada do pátio.

Mensagem por Darkaos em Qua Nov 07, 2012 7:38 pm

Agora estavam alí eles, Hazegawa ainda tentando se recuperar da correria estirado no chão e sem a resposta que queria, Ugido encostado em uma parede próxima rindo como tivera acabado de ver o melhor show de humor do mundo, e Hideyoshi telefonava para o pronto socorro enquanto discutia com os perseguidores que só reclamavam e ameaçavam, a brisa gelada do inverno que chegava fazia o garoto se recuperar lentamente, o sol alaranjando naquela paisagem muito sem graça lembrando uma quadra de esportes no meio do vazio, em minutos ele já se sentia reuperado, mas ainda assim deitado no chão tentando analisar oque ocorreu no dia.
"Vamos recapitular, me vesti com uma roupa horrívelmente quente, me inscrevi em uma boa academia de estudos como bolsista sem nenhum segundo questionário, conheci um garoto legal que parece ter um senso de humor meio estranho pra estar rindo em uma situação dessas, fui perseguido por dois lunáticos e um deles ainda por cima com uma barra de ferro na mão" (ele ainda não havia percebido que era um cano por não ter parado para olhar direito) [i]"Ainda por cima acabo mega suado como eu estava agora a pouco e mais tarde vou ter que ir..." ele para a linha de raciocínio ao ouvir Chouko falar algo inesperado para aquele momento "...Bala de menta, alguém quer?" a pergunta soara tão fora de hora que ele teve que protestar "Coisa mais fora de hora não acha...obrigado mas eu passo, depois dessa correria toda e me desidratar com essas roupas de diplomata a ultima coisa que eu ia querer é doce, ainda mais de menta que dá uma sede dos infernos depois."ele responde com um tom um tanto sarcástico e reclamão. (Espaço possível para jogador Ammy/Felipe) Tudo bem...agora que a correria passou eu acho que... o garoto vai se levantando e ao olhar com atenção para o por do sol que ia chegando ele se lembra de algo inadiavel que estava atrasado "Ei...algum de vocês pode me dizer as horas por favor?" (espaço para jogador) OQUE, droga se eu me atrasar hoje o senhor Yugo-san não vai me dar a folga que eu pedi pra amanhã, desculpa gente mas eu tenho que ir, até outra hora Ugido-san...ee...até outra hora tigre branco. a expressão dele era de pura surpresa e confusão.
Ele sai começando a ganhar velocidade e se esquecendo completamente dos que ainda estavam no fim da escada que pareciam estar se preparando para ataca-lo agora que se aproximava, mas ele com a pressa que estava logo que chegou perto do fim da rampa pulou por cima do corrimão para a outra rampa evitando ser pego e economizando tempo mas não folego, o garoto agora com pressa só conseguia pensar bobagens como o quanto foi diferente o dia e o quanto estava atrasado.

/Trevor sai do tópico/
avatar
Darkaos
Cabo
Cabo

1a Personagem Hazegawa Trevor - Link
Virgem Porco
Mensagens : 92
Pontos de Criação: : 11272
Reputação: : 1
Data de inscrição : 31/10/2012
Idade : 23
Localização : Brasil-MA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrada do pátio.

Mensagem por Ammy em Qui Nov 08, 2012 9:17 pm

OFF

(esperando por felipefalcon. XD Haha)



Hideyoshi Chouko CS: 0
avatar
Ammy
Admin
Admin

1a Personagem Hideyoshi Chouko (Link)
Escorpião Macaco
Mensagens : 228
Pontos de Criação: : 11747
Reputação: : 12
Data de inscrição : 02/09/2012
Idade : 26

Ver perfil do usuário http://oportal.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrada do pátio.

Mensagem por felipefalcon em Sex Nov 09, 2012 10:35 am

Ugido ficou parado descansando,esperando algo acontecer,ou esperava algo,não achava que a situação acabaria assim.
A garota estava muito cansada,dava pra se notar,aliás ela corria já fazia um tempo antes de ter encontrando os dois estranhos.
A garota então ligou para algum lugar,pela situação Ugido estava acreditando que era para polícia.Mas depois percebeu que era para o hospital,pelo modo que falava.E ainda ela parecia conhecer a pessoa que atendeu do outro lado da linha.
..Eu não faria isso se fosse você. Você pode ter fraturado alguma coisa. resistindo a situaçãoos homens revidavam com palavrões. Cale a boca e fique sentado de uma vez! Ela explodiu com força fazer até mesmo Ugido ficar intimidado.
"Ainda bem que ela me ajudou,não gostaria de estar no lugar desses dois".
Assim a confusão parou.
A garota começou a descansar.Encostou na parede e ofereceu uma bala.
"...Bala de menta, alguém quer?" Hazegawa se sente incoformado com a situação,e reclama "Coisa mais fora de hora não acha...obrigado mas eu passo, depois dessa correria toda e me desidratar com essas roupas de diplomata a ultima coisa que eu ia querer é doce, ainda mais de menta que dá uma sede dos infernos depois."ele responde com um tom um tanto sarcástico e reclamão."Pega leve com ela,ela ajudou a gente,se não fosse por ela provavelmente estariamos machucado." Tudo bem...agora que a correria passou eu acho que... Hazegawa se levanta e a olhar para o céu se lembra de algo inadiavel que estava atrasado "Ei...algum de vocês pode me dizer as horas por favor?"São umas 5 e meia.(acho)" OQUE, droga se eu me atrasar hoje o senhor Yugo-san não vai me dar a folga que eu pedi pra amanhã, desculpa gente mas eu tenho que ir, até outra hora Ugido-san...ee...até outra hora tigre branco..O garoto sai correndo pelas escadas,e ultrapassa os homens caídos.
Ugido fala.
"Desculpa,mas não vou esperar ambulância nenhuma também.Obrigado por tudo,mas está na minha hora,o que minha mãe vai dizer se souber que estou metido em uma confusão do tipo.Tchau muito obrigado."Ugido se despede e segue pelo mesmo caminho que Hazegawa fez,ultrapassando os homens não é mais visto.

/Ugido deixou o tópico./
avatar
felipefalcon
Cabo
Cabo

1a Personagem http://oportal.forumeiros.com/t43-ugido-voyle
Gémeos Porco
Mensagens : 105
Pontos de Criação: : 11331
Reputação: : 1
Data de inscrição : 26/10/2012
Idade : 23

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrada do pátio.

Mensagem por Ammy em Sab Nov 10, 2012 3:42 am

O garoto com cabelo prateado virou os olhos levemente, e então voltou a afundar contra o chão com um suspiro de descrença.
"Coisa mais fora de hora não acha...obrigado mas eu passo, depois dessa correria toda e me desidratar com essas roupas de diplomata a ultima coisa que eu ia querer é doce, ainda mais de menta que dá uma sede dos infernos depois." ele responde de volta, seu tom de voz um tanto sarcástico e reclamão.
A garota encarou o menino no chão por um momento, refletindo. Eu provavelmente teria reagido da mesma forma, de qualquer jeito... Ela sacudiu os ombros, neutra. "...Você é quem sabe." Chou apenas piscou e começou a desembrulhar o objeto.
"Pega leve com ela, ela ajudou a gente. Se não fosse por ela provavelmente estaríamos machucados."
... Ou talvez nem estivessem envolvidos, para início de conversa... ela anotou mentalmente com um suspiro silencioso, e enfiou a segunda bala que havia oferecido na boca.

Ela fez um momento de silêncio enquanto avaliava os danos no próprio corpo.
Seu braço direito ainda pulsava, mas de outra forma parecia estar bem. O açúcar havia começado a fazer o efeito esperado em seu organismo. Seu cérebro estava lentamente voltando a registrar os arredores com precisão, apesar do cansaço. Glicose. O ato de ocupar-se com algo à parte havia suprimido o incômodo causado pelo braço ferido também. Como num efeito placebo* de anestésico. Ela flexionou uma mão, observando o progresso.

O músculo flexionou e relaxou sem tremer. Bom.

O garoto de cabelos prateados voltou a falar, agora respirando mais normalmente.
"Tudo bem...agora que a correria passou eu acho que..." Ele fez uma pausa desconcertantemente longa "Ei...algum de vocês pode me dizer as horas por favor?" O garoto de cabelos castanhos olhou para os céus com uma expressão de 'hmm...' "...São umas 5 e meia." Isso fez com que o garoto de cabelo prateado se levantasse num sobressalto. "O QUE, droga se eu me atrasar hoje o senhor Yugo-san não vai me dar a folga que eu pedi pra amanhã, desculpa gente mas eu tenho que ir, até outra hora Ugido-san...ee... Até outra hora tigre branco..." O garoto sai correndo pelas escadas e, dando um salto, ultrapassa os homens caídos.
Chouko levanta uma sobrancelha.

"...Eu te conheço?" ...Ele sabia daquele apelido estranho... Havia sua influência se estendido para tão longe do campus?

Oh, droga. Isso é ruim. Isso é muito, muito ruim. Talvez ela devesse realmente ouvir a Lee-san e sumir por uns tempos...

Enquanto ela pensava silenciosamente no assunto o garoto de cabelos castanhos voltou a falar ao lado dela. "Desculpa, mas não vou esperar ambulância nenhuma também. Obrigado por tudo,mas está na minha hora, o que minha mãe vai dizer se souber que estou metido em uma confusão do tipo. Tchau, muito obrigado." Ele falou tudo tão rápido que ela se perguntou se ele estaria nervoso. Alguns segundos depois ele segui o mesmo caminho que o garoto de cabelo prateado fizera. Bem, talvez não tão elegantemente. Ele hesitou um par de segundos avaliando antes de saltar. E então sumiu.

Não que ela pudesse culpá-los de irem. Tigre branco... huh. As coisas que dizem à seu respeito. Algumas vezes eram até engraçadas. Mas... Já está saindo de controle. Ela teria que se manter quieta por uns tempos. Talvez tirar uma licença médica... Ninguém se surpreenderia se a gangster da escola tivesse que acordar num hospital por uns dias.
Além disso, alguma hora isso se tornaria suicídio, certo? Ela sabia que em algum momento seu instinto iria se sobrepor à sua razão.
E então... Ela jamais poderia encarar Otani outra vez.
"Fujam..." ela fechou os olhos, deitando-se no chão.

Não muito mais tarde o som de sirenes preencheu o ar da rua ao longe. Passos e o atrito de tecido começaram a ecoar em algum lugar em sua direita. Protestos cortaram o ar. Os homens atrás dela ao serem colocados em cima das macas e o barulho de gente carregando-os para baixo. Passadas cada vez mais próximas. E um cheiro familiar... Ela deixou as engrenagens de sua mente desacelerarem para um ritmo confortável. Um formato de mão conhecida alojou-se pesadamente em seu ombro. Ela sentiu uma lufada de segurança varrendo-lhe por dentro... E então, o cansaço súbito de cada um dos seus músculos. Toda a sua adrenalina havia sido empurrada para longe como de costume. Havia uma névoa branca se instalando confortavelmente dentro de sua cabeça... Ela abriu pesadamente um olho.
Um par de olhos castanhos e afilados* encarou-a de volta.
"... Koh."
A figura à frente dela sorriu.
"Lee-chan está vindo para checar você. Não se mova até ela chegar ou ela vai querer o meu pescoço." havia um tom casual em sua voz, mas os olhos que examinavam-lhe o rosto diziam o contrário. "Você se feriu?"
"Não..." ela piscou lentamente. "...Que droga... *riso fraco* Este fim de semana foi péssimo para a minha saúde..." O garoto apenas suspirou "... Nada que você possa fazer. Você precisa que eu termine alguma coisa no campus?" Chou pausou um momento e balançou a cabeça "Não, tudo bem... Eu consegui cuidar do que eu tinha que fazer. Aliás, a chave da porta lá em baixo está no meu bolso. Feche-a depois que a gente sair daqui." "... Certo." "...E a Lee-san? O que veio dizendo?" Kou riu, aquela risada áspera que ele dá quando realmente acha graça de algo "...Pondo fogo pelas narinas sobre em que problema você foi arriscar-se dessa vez. Cuidado, se você não estiver com um osso quebrado ela está prestes a te dar um."
Chou apenas sorriu com os cantos da boca.
"...Imagino que eu deva pedir à ela um cartão fidelidade qualquer hora dessas."

Ela fechou os olhos, sentido o vento fresco entrar em seus pulmões.
Desculpe. Eu realmente preciso dormir mais um pouco...

...E apagou antes que conseguisse verbalizar seus pensamentos.


/Chouko deixou o tópico/
/Tópico encerrado/



*Placebo: O nome dado a qualquer medicamento administrado mais para agradar do que beneficiar o paciente. Eles são, por assim dizer, uma maneira de fazer o cérebro relaxar dos problemas e permitir que o corpo se cure de forma natural, o que não era possível anteriormente porque o paciente estava muito nervoso.

Muitos deles são pílulas de açúcar, dadas nos hospitais como um meio de acalmar os enfermos que estejam nervosos e que creem que precisam urgentemente de algum medicamento (quando na realidade só precisam se acalmarem de uma vez), fazendo com que eles pensem que de fato tomaram algo para melhorarem.

No caso, Chouko está propositalmente desviando a atenção do seu cérebro da dor no braço, ocupando-o com outra coisa. Um doce. O que, querendo ou não, acaba diminuindo realmente a sensação de dor, ainda que o efeito seja apenas psicológico.

*Afilado: adj (part de afilar) Delgado, delicado. 2 Aguçado, pontudo. 3. Fino, estreito



Hideyoshi Chouko CS: 0
avatar
Ammy
Admin
Admin

1a Personagem Hideyoshi Chouko (Link)
Escorpião Macaco
Mensagens : 228
Pontos de Criação: : 11747
Reputação: : 12
Data de inscrição : 02/09/2012
Idade : 26

Ver perfil do usuário http://oportal.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrada do pátio.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum