Conectar-se

Esqueci minha senha

Últimos assuntos
» Biblioteca - Consegui a vaga? [Livre]
Quarto 07 - É hora de acordar! EmptyTer Jun 11, 2013 2:46 pm por felipefalcon

» O festival das cerejeiras.
Quarto 07 - É hora de acordar! EmptySeg Abr 15, 2013 5:18 pm por Darkaos

» Grande Evento em Aōba.
Quarto 07 - É hora de acordar! EmptyDom Mar 24, 2013 1:44 am por Darkaos

» Cerimônia de abertura de aulas de 2013
Quarto 07 - É hora de acordar! EmptySab Mar 23, 2013 2:44 pm por Ryou Misaki

» (Clube de Kendô) O novo sensei (Trevor, Ryou, Nex)
Quarto 07 - É hora de acordar! EmptySab Mar 23, 2013 2:19 pm por Ammy

» Passos na areia (dupla)
Quarto 07 - É hora de acordar! EmptyQui Mar 21, 2013 6:01 pm por Douglas Alves

» (Clube de Artes) O Quadro (Ryou, Chouko)
Quarto 07 - É hora de acordar! EmptySeg Mar 18, 2013 1:14 pm por Ryou Misaki

» Retorno das aulas em 2013
Quarto 07 - É hora de acordar! EmptyDom Mar 17, 2013 11:31 pm por Ammy

» Arrumando a papelada
Quarto 07 - É hora de acordar! EmptyDom Mar 17, 2013 9:01 pm por GpI_NEKO

Clima este Mês
Quarto 07 - É hora de acordar! Clima10

Naniwa entra no período de primavera a partir do dia 20. O tempo é fresco e ainda ocasionalmente frio. Chuvas tendem a serem rápidas e deixarem alguma névoa caso ocorram nas primeiras horas da manhã.
Setembro 2019
SegTerQuaQuiSexSabDom
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30      

Calendário Calendário

Staff do Fórum
Quarto 07 - É hora de acordar! Sem_ti14
Nosso botão
HTML Online Editor Sample

88x31
Quarto 07 - É hora de acordar! Sem_ta10
124x64
Parceiros
Quarto 07 - É hora de acordar! Anigif10

Quarto 07 - É hora de acordar! Gif17

Quarto 07 - É hora de acordar!

Ir em baixo

Quarto 07 - É hora de acordar! Empty Quarto 07 - É hora de acordar!

Mensagem por Douglas Alves em Sab Mar 09, 2013 5:21 am

Se passou uma semana desde que havia mudado para Naniwa, o clima do local estava mudando, pelas notícias que pude acompanhar pela TV que estava acima da comoda de meu quarto era chegada a primavera.
Estava me preparando para o começo das aulas, ir para uma escola nova me deixava nervoso, mas todo mundo fica.

O despertador na cabeceira tocou, eram 6:00 AM, o sol ainda despontava, pude ver os primeiros raios de sol entrando pela veneziana de minha janela. Estava enrolado em um cobertor azul marinho, uma de minhas cores favoritas, o ar gelado do inverno que se despedia ainda estava presente, se bem que a primavera ainda iria se iniciar, mas se notava a mudança no ar.

Meu despertador ainda gritava sem controle, tateei sem rumo a mesa de canto e bati a mão em cima do botão que o faria desligar e finalmente ele cessou.

Abri os olhos lentamente, tentando me adaptar a luz que já tomava posse do meu quarto, vi minhas malas ainda a serem desfeitas, meu armário com porta de correr escantilhado estava aberto com alguns dos meus tênis jogados lá dentro, minha mesa de estudo estava com meu material e mochila em cima, logo a minha rotina se iniciaria.

Andei procurando por emprego, soube de uma anúncio da biblioteca mais ainda não obtivera uma resposta. Iria passar mais tarde lá para conversar com o proprietário, precisava arrumar logo algum serviço para poder me manter na cidade.

Levantei e sentei-me na cama, cocei a cabeça bagunçando ainda mais meus cabelos, precisava dar um jeito nisso. Girei o pescoço fazendo-o estalar, ergui os braços me despreguiçando e saltei da cama. Me desequilibrando e derrubando minha mala que estava próxima e derrubando roupas para todos os lados.

Agora era fatal, precisava arrumar as coisas antes de sair, comecei a pegar as roupas espalhadas, fui pendurando em cabides e colocando dentro do armário, logo notei que tudo já estava pendurado e as bermudas e calças dobradas e colocadas nas gavetas internas, ajeitei os tênis, coloquei a mala já fechada em cima do armário e liguei a Tv para ouvir as notícias da manhã.

Coloquei a minha cafeteira portátil para trabalhar, precisava de um café, liguei a torradeira e coloquei duas fatias de pão dentro e deixei torrando enquanto preparava o café.

O noticiário local começou a falar do clima:

CLIMA DA REGIÃO
Naniwa entra na primeira semana de primavera ainda este mês. As cerejeiras começam a desabrochar e as escolas voltam à ativa.

É, realmente eu estava certo, a primavera estava chegando, chegaram a mencionar as escolas e o retorno das aulas, algo que eu já tinha conhecimento, mas é bom se manter informado.

O jornalista continuou com seu discurso falando sobre os festivais que se seguiam ao decorrer do mês. Mencionou algo sobre o desabrochar das cerejeiras no dia 27, creio que eu poderia dar uma passada por lá.

Novamente tornou a mencionar as escolas e o grande numero de estudantes que vieram para Naniwa, claro eu era um deles, passou uma breve declaração do Prefeito Kono Setsuko a respeito de sua empolgação com o aumento de estudantes e seu foco para a educação.

Ja estava quase desistindo de ouvir as notícias, pelo visto eram só comemorações, quando o anunciante falou sobre a síndrome que corria pela cidade.

NANIWA NEWS

A síndrome segue. Cientistas tentam desvendar o mistério por trás do misterioso constante número de casos na cidade.
A síndrome que assola a cidade ainda paira sobre Naniwa. O número de casos permanece misteriosamente constante até o momento... O que deixa os cientistas ainda mais confusos em relação à forma de propagação da doença. Em outra nota, um número pequeno de pessoas parecem estar se tornando naturalmente resistentes, embora os motivos por trás dessa reação ainda não estejam claros. Espera-se que respostas possam ser obtidas através de exames detalhados dos sobreviventes.

Ouvi atento essa notícia, gostava de casos estranhos, assinava uma revista que falava sobre OVNIS, sugadores de energia, monstros entre essas coisas, para mim isso se passava de algum tipo de vampiro que sugava a energia das pessoas mas os cientistas se recusavam a acreditar.

_ Seria interessante descobrir o causador disso.

Estava já com minha caneca de café olhando para Tv quando falei essas palavras peguei as torradas que já estavam prontas e coloquei um pouco de manteiga e as comi ouvindo seu barulho crocante enquanto as mastigava, levei um susto quando Shadow passou por minhas pernas e quase derrubei o café, já havia esquecido de meu gato e que ele morava comigo.

Abaixei e passei a mão em suas costas, ele ronronou e esfregou a cabeça em minha perna, enchi sua tigela com leite e um pouco de ração fresca e coloquei um pouco de água em um recipiente pequeno para ele.

_ Agora estamos por conta própria, amigão.

Tirei meu pijama,que se tratava de uma samba canção azul marinho e uma camisa física justa ao corpo preta e vesti uma camisa de gola branca simples, uma calça folgada preta com alguns bolsos, coloquei meu MP3 preso a cintura e levei meus fones ao pescoço, calcei meus sapatos, coloquei minha munhequeira xadrez, juntei alguns dos meus materiais e coloquei na mochila, que passei junto ao meu pescoço deixando-a pendurada ao lado esquerdo do corpo, era uma mochila de couro simples daquelas que levamos ao lado do corpo pendurada por uma tira.

Lavei meu copo na pia do minúsculo banheiro do meu quarto, mas por hora era isso, guardei no armário ao lado da comoda, meu quarto parecia um micro apartamento, mas era confortável.
Tinha uma geladeira daquelas pequenas que tem em hotéis, era essa minha opção pois não tinha muito espaço, em cima dela ficava a torradeira e a cafeteira um microondas usado, mas estava feliz, logo eu estaria mais adaptado e conseguiria um lugar maior, só precisava de tempo.

Me despedi de shadow e parti para a cidade, passaria na biblioteca e depois seguiria para a escola para conhecer o lugar.

/Douglas deixou o tópico.
Douglas Alves
Douglas Alves
Novo Jogador
Novo Jogador

1a Personagem Douglas Alves (LINK)
Capricórnio Cavalo
Mensagens : 25
Pontos de Criação: : 12207
Reputação: : 1
Data de inscrição : 29/01/2013
Idade : 28
Localização : Santa Catarina

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum